artigo_170608

08 jun 2017

Pensamento Conciliador

É possível identificar por que existem tantas dificuldades entre os seres, no meio profissional, na vida familiar, nos demais relacionamentos, na busca de uma solução para um problema?

Faz parte da vida de cada pessoa se posicionar sobre determinados temas e na maioria das vezes, por não conseguir ver outras possibilidades para as situações, surgem os conflitos.

Em algumas experiências se busca um resultado ou uma compreensão que atenda de forma satisfatória a um conjunto de pessoas, mas nem sempre chega-se a uma unidade para todos os integrantes.

A Logosofia ensina alguns conceitos que podem auxiliar o entendimento para se alcançar a unidade para consigo mesmo e com o semelhante. Dentre estes conceitos estão as deficiências e propensões do ser humano, que inclusive é título de um livro escrito por Carlos B. G. Pecotche.

Neste livro, são identificadas as deficiências que fazem parte da vida e que impedem de alcançar a resposta para um problema que envolva um conjunto de seres. O autor define as deficiências:

“A Logosofia denomina assim o pensamento negativo que, enquistado na mente, exerce forte pressão sobre a vontade do indivíduo, induzindo-o, continuamente, a satisfazer seu insaciável apetite psíquico.” – Da Sabedoria Logosófica

Segundo o autor, existem deficiências que não permitem encontrar um ponto de convergência para os problemas que se apresentam, ou seja, cada ser humano elege a solução que melhor lhe convém. Uma delas é a Rigidez, um pensamento inflexível que torna o ser duro e teimoso.

“Todo sentimento de conciliação se anula pela força desta falha temperamental, que raramente se abranda, nem mesmo ante as exigências da realidade. Isso nos leva a considerar que por de trás da rigidez atua disfarçadamente outra deficiência: a obstinação.” – Da Sabedoria Logosófica

A Logosofia recomenda o cultivo do pensamento conciliador, para que em todo momento se reflita de forma ampla e serena sobre o problema apresentado a fim de se encontrar felizes soluções junto aos semelhantes.

 


Quer conhecer mais sobre Logosofia e seu método original? Então se inscreva em um de nossos cursos de informação.